NOTÍCIASPOLÍCIASEGURANÇA

“Isso é o início do estado de exceção, é o início da ditadura”, diz Rui após ataques a jornalistas

Governador comentou em entrevista à Rádio Metrópole na manhã desta quarta-feira (27)

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), comentou em entrevista à Rádio Metrópole na manhã desta quarta-feira (27), os ataques sofridos por jornalistas, profissionais que têm sido hostilizados por apoiadores de Jair Bolsonaro (sem partido) e que levou, inclusive, alguns veículos a suspenderem a cobertura jornalística na porta do Palácio do Alvorada temporariamente até que o Palácio do Planalto garanta a segurança do profissionais de imprensa.

“Isso é início do estado de exceção, é o início da ditadura. (…) Todas as pessoas de bem do Brasil têm que acordar para isso. Me nego a acreditar que instituições fortes, fundadas há séculos, vão se curvar para servir de braço operacional para práticas de milícia. De constrangimento da Suprema Corte, instâncias superiores, Ministérios Públicos, sejam eles federais ou estaduais, a Constituição Brasileira tem que prevalecer”, comentou Rui.

“Acho que os verdadeiros patriotas, aqueles que amam essa nação, que amam a sua carreira, têm que fazer prevalecer a lei acima de tudo. A política tem seus defeitos e só corrigiremos os defeitos da política com mais democracia”, concluiu. (Varela)

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar