DESTAQUEPOLÍTICA

Congresso discute adiar 1º turno para 15 de novembro ou 6 de dezembro

Segundo turno deverá ter prazo mais curto; mandatos não serão prorrogados

Deputados e senadores estudam transferir o primeiro turno das eleições municipais que acontecem este ano para o 15 de novembro ou 6 de dezembro, com um prazo mais curto para o segundo turno. Pelo calendário, os dois turnos deveriam acontecer em novembro.

A previsão é que as eleições aconteçam ainda em 2020, segundo afirmou o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). A ideia é que os mandatos não sejam ampliados.

“Tem aí dois períodos que estão sendo discutidos, 15 de novembro ou o primeiro domingo de dezembro (6) para o primeiro turno”, disse. “E o segundo turno um pouco menor para dar tempo de fazer a transição, da prestação de contas.”

Caso a comissão do legislativo criada nesta terça (19) decida pelo adiamento, ainda será exigida a aprovação de uma PEC apoiada por pelo menos três quintos dos deputados e dos senadores, em dois turnos de votação na Câmara e no Senado.(varela)

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar