Home > BLOCO TOPO > Milagre! Após 27 anos, mulher desperta do coma e chama pelo filho em hospital na Alemanha

Milagre! Após 27 anos, mulher desperta do coma e chama pelo filho em hospital na Alemanha

Uma árabe chamada Munira Abdulla despertou de um estado de coma após 27 anos. Em 1991 ela se envolveu em um acidente de trânsito e entrou em coma. Desde então a mulher vivia em hospitais, presa a máquinas.

Ao acordar, Munira chamou pelo filho, que na época do acidente automobilístico tinha quatro anos de idade. Atualmente com 31 anos, Omar Webair, o filho de Munira, foi quem divulgou o caso. “Nunca desisti porque sempre tive a sensação de que um dia ela acordaria”, disse Omar ao jornal “The National”.

Segundo o jornal Extra, Munira e a família viviam na cidade Al Ain, em Abu Dhabi. Após o acidente, ela foi internada em uma unidade hospitalar local, chegou a ser transferida para um hospital de Londres, na Inglaterra, mas retornou para a cidade de Al Ain.

A família informou que Munira era alimentada através de uma sonda e durante os anos de internação sempre foi submetida a sessões de fisioterapia para que seus músculos não se deteriorassem completamente.

A família da paciente recebeu, em abril de 2017, um benefício da Corte Real, um órgão governamental de Abu Dhabi, que possibilitou a transferência de Munira para um hospital da Alemanha, sob entendimento de que lá ela teria mais infraestrutura para prosseguir em tratamento.

Conforme apurado pelo Extra, cerca de um ano depois da transferência e alguns dias após uma discussão que o filho dela teve com funcionários dentro do quarto, Munira despertou do coma e chamou pelo filho.

O estado de saúde da paciente tem evoluído consideravelmente. Ainda na Alemanha ela fez uma cirurgia para tratar os músculos enfraquecidos e os médicos deram grande atenção a realização de sessões de fisioterapia e tratamentos para controlar um quadro de epilepsia.

Munira retornou para a cidade de origem, onde segue fazendo tratamento. Segundo o filho, a mãe já consegue conversar com ele, e faz até as próprias orações.

« Compartilhar...