Home > CRUZ DAS ALMAS > Cruz das Almas: Município realizará oficina de comercialização e estudo de viabilidade econômica para Baianas e Baianos de acarajé

Cruz das Almas: Município realizará oficina de comercialização e estudo de viabilidade econômica para Baianas e Baianos de acarajé

O projeto intitulado TABULEIROS é um conjunto de ações pensadas pelo Departamento de Mulheres, da Secretaria de Políticas Especial, da Prefeitura de Cruz das Almas, em conjunto com a Associação das Baianas de Acarajé, Mingau e Receptivo (ABAM), que objetiva mapear, informar, conscientizar, capacitar e debater as questões ligadas às atividades no município.

As baianas de acarajé hoje estão incluídas na lista de Classificação Brasileira de Ocupações (CBO), sendo este ofício considerado patrimônio cultural imaterial brasileiro desde o ano de 2005, sendo assim, ficam sendo reconhecidas como profissionais, podendo aposentar-se como baianas de acarajé, deixando de ser um gênero como quituteira.

Com realizações no período de dezembro de 2017 a janeiro de 2019, a proposta da Secretaria é desenvolver ações no município, voltadas ao fomento da cultura e reconhecimento do Ofício da baiana de acarajé como patrimônio imaterial, conforme o Decreto Presidencial 3551 de 04 de agosto de 2005º e Decreto Estadual nº 14.191/2012, como também segundo a Lei Orgânica, art.267. O município deverá preservar a integridade, a respeitabilidade e a permanência dos valores culturais e artísticos afro-brasileiros.

As formações e oficinas propostas acontecerão no período de Julho/Novembro de 2018 com a culminância, na Feira Criativa: Tabuleiros, onde serão entregues Tabuleiros, indumentárias, ombrelones e certificado de atuação junto a Vigilância Sanitária do município. ( Ascom)

InformeCruz

« Compartilhar...