Home > Redação InformeCruz

Prefeitura de Cruz das Almas lança campanha “VAMOS CUIDAR DE QUEM MAIS PRECISA”

A Prefeitura Municipal de Cruz das Almas, conclama todas instituições - Igrejas, Sindicatos, CDL, Universidades, Faculdades, Centros Espíritas, Terreiros, Tiro de Guerra, Escoteiros, Filarmônicas, Câmara de Vereadores, Clubes de Serviços, dentre outras - para participar da REDE SOLIDÁRIA CRUZ: vamos cuidar de quem mais precisa! As instituições que se dispuserem a participar, deverão instalar pontos de apoio, nas suas próprias sedes, para recebimento de donativos ofertados pela população (alimentos não perecíveis, cobertores e material de higiene pessoal), que deverão ser distribuídos a pessoas em situação de vulnerabilidade social, selecionadas pela própria instituição. A entrega deverá ser realizada pela própria instituição na residência do beneficiário, para evitar aglomerações. A Prefeitura, por meio da Secretaria do Trabalho e Assistência Social, fará sua parte: acolhendo as pessoas em situação de rua; ampliando o atendimento às pessoas em situação de vulnerabilidade já cadastradas pela secretaria; dando apoio logístico às instituições, oferecendo veículos abastecidos, com motoristas, previamente

Leia Mais

Justiça barra campanha do governo contra isolamento social

A Justiça Federal do Rio de Janeiro proibiu, por meio de liminar, que seja veiculada em meios de comunicação a campanha do governo federal “O Brasil não pode parar”, que defende suspensão do isolamento social, adotado para combater a pandemia do novo coronavírus no país. A determinação assinada pela juíza Laura Bastos Carvalho, do plantão judiciário, atende pedido de ontem (27) do Ministério Público Federal (MPF). Com a decisão, fica barrada a propaganda do governo de Jair Bolsonaro, a menos que seja comprovado embasamento técnico do Ministério da Saúde e científico. A Justiça argumenta que a campanha põe em risco o direito constitucional da população à saúde e que sua veiculação pode provocar um colapso da rede de saúde. Em caso de descumprimento, a multa definida foi de R$ 100 mil. (Metro1)

Leia Mais

Prefeito de Cruz das Almas Orlandinho Pereira divulga Nota de Esclarecimento após matéria divulgada pelos Ex, vereadores Zé Raimundo e André Eloy 

O Prefeito do município de Cruz das Almas Orlandinho Pereira, divulgou uma Nota de Esclarecimento após  matéria divulgada pelos Ex, vereadores Zè Raimundo (PDT)  e André Eoy (MDB) ambos pré-candidatos a prefeito.   NOTA DE ESCLARECIMENTO: Em relação às postagens politiqueiras e irresponsáveis de setores da oposição em relação à folha dos salários dos servidores, viemos esclarecer o seguinte: - O governo passado, sem nenhuma transparência , sem licitação, renovou o contrato com a Caixa Econômica Federal por cerca de 1,1( hum milhão e cem mil reais), muito abaixo do que seria o valor merecido pelo município; - O Governo do Povo, atendendo as recomendações dos órgãos de controle e preservando os princípios da transparência, realizou licitação, garantindo mais do que o triplo do valor realizado pelo governo do grupo de oposição, cerca de 3,4 milhões ( três milhões, trezentos e quarenta e cinco mil reais). - Os recursos serão depositados na conta da prefeitura 30

Leia Mais

Sem licitação, Planalto contrata empresa em meio à campanha anticonfinamento

Em meio à crise do coronavírus, a Secom (Secretaria Especial de Comunicação Social) da Presidência da República contratou, por R$ 4,8 milhões e sem licitação, uma nova agência de comunicação para tocar as mídias sociais do governo. Uma das principais atribuições da IComunicação Integrada será produzir conteúdo digital na campanha do Palácio do Planalto, intitulada "O Brasil não pode parar", contra o confinamento de pessoas na pandemia. A contratação foi publicada na quinta-feira (26) no DOU (Diário Oficial da União). A assinatura ocorreu com base no dispositivo legal que permite a dispensa de licitação nos casos de emergência ou calamidade pública. O objetivo da prestação de serviços é, segundo o DOU, "disseminar informações de interesse público à sociedade, por meio de desenvolvimento de ações de comunicação". A campanha "O Brasil não pode parar" foi lançada pela Secom para reforçar o discurso de Bolsonaro contra as medidas restritivas adotadas por governadores. O presidente tem pregado que

Leia Mais

Estados Unidos têm 100 mil casos confirmados de coronavírus

Os Estados Unidos já é cnsiderado o novo epicentro do novo coronavírus no mundo, considerando o alto número de casos em relação ao tempo de circulação da doença no país. De acordo com a agência de notícias Reuters, já foram contabilizados 100.040 diagnósticos. A Itália vem na sequência, com 86.498 casos, e a China ocupa a terceira posição, com 81.340 infecções confirmadas. (Bahia Noticias)

Leia Mais

Sem isolamento e ações contra a Covid-19, Brasil pode ter até 1 milhão de mortes, diz estudo

Um estudo feito pelo Imperial College de Londres diz que o Brasil em caso de nenhuma estratégia de isolamento e de enfrentamento da pandemia fosse feita, poderia ter mais de 1,15 milhão de mortes devido à Covid-19.O estudo analisa impacto em 202 países, eles concluíram que, se os governos adotarem medidas rigorosas cedo, como testes de diagnóstico, isolamento de doentes e distanciamento social para frear a disseminação do vírus, 38,6 milhões vidas podem ser salvas. Isso representa uma redução de mortalidade de cerca de 95%. Com estratégias de supressão rígidas para toda a população, que são aquelas que buscam bloquear a circulação do vírus, o estudo diz que o número de mores pode ser reduzido para 44,2 mil, segundo o G1.   Foi o Imperial College o instituto responsável por outro estudo que virou um marco na pandemia: um modelo matemático deu um panorama extremamente sombrio de como a doença ia se propagar

Leia Mais

Governo Bolsonaro contraria próprio ministério e lança campanha contra isolamento social; veja

O governo Jair Bolsonaro lançou hoje (27) uma campanha nas redes sociais um recado para a população voltar às ruas diante da pandemia de coronavírus. A peça publicitária contraria o que é defendido por cientistas e profissionais da saúde, chefes de Estado e organizações do mundo todo contra a pandemia da Covid-19. A medida ainda é contrária à defesa do isolamento social feita pelo Ministério da Saúde. A campanha “O Brasil não pode parar” reforça que não se pode 'prender a população' ativa e com menos de 60 anos em casa e que todos devem voltar ao trabalho. “Para milhões de pacientes das mais diversas doenças e os heroicos profissionais de saúde que deles cuidam, para os brasileiros contaminados pelo coronavírus, para todos que dependem de atendimento e da chegada de remédios e de equipamentos, o Brasil não pode parar”, narra a peça.   A campanha defende o "isolamento vertical", postura defendida por Bolsonaro

Leia Mais

São Felipe: Incêndio atinge engenho de cana no Caboclo

Um incêndio de grande proporção atingiu um engenho de cana de açúcar, na tarde desta quinta-feira, dia 26, na localidade do caboclo, zona rural do município de São Felipe, no Recôncavo baiano. O incêndio deu início por volta das 17 horas, ocasionado por um curto circuito na rede elétrica. O engenho pertence ao senhor Amilton, conhecido como Piro, filho de Arnaldo. Enquanto esperavam a chegada do corpo de bombeiros, moradores tentaram conter as chamas que já havia tomado todo o imóvel. Não houve vítimas e o fogo foi controlado por populares, com a ajuda do corpo de bombeiros. Editado pelo Tribuna do Recôncavo | Informações: Beni Comunicação

Leia Mais

Nove em cada dez casos de coronavírus não são detectados no Brasil, afirma estudo

Um estudo realizado pela Escola de Londres de Higiene e Medicina Tropical, publicado no último domingo (22), afirmou que o Brasil detecta, em média, 11% dos casos sintomáticos da Covid-19. Ou seja, apenas uma em cada dez pessoas que carregam o vírus foram registradas pelo governo. Ainda de acordo com o estudo, a taxa é maior que a da Itália (6%) e menor que a da Coreia do Sul (83%). A estratégia do país asiático para o combate ao novo coronavírus tem sido considerada referência. Segundo o jornal Folha de S. Paulo, o estudo britânico é baseado em um modelo matemático que usa como referência a taxa de letalidade do coronavírus na China, definida em 1,38%, por pesquisadores daquele país. Essa taxa é um resultado ajustado pelos pesquisadores chineses, levando em conta que a simples divisão de mortes por casos gera um número enviesado, uma vez que não considera o atraso de

Leia Mais