Home > NOTÍCIAS > ‘Achei que não ia suportar’, diz idoso que caiu em poço com 13 metros de profundidade na Bahia

‘Achei que não ia suportar’, diz idoso que caiu em poço com 13 metros de profundidade na Bahia

“Eu botei o pé do lado de lá do barranco e o outro cá, aí escorei as minhas costas. Aí eu fiquei esperando, fiquei esperando. Veio um momento difícil que eu achei que não ia suportar, porque minhas pernas já estavam trêmulas”. É dessa forma que o aposentado João Rodrigues, de 66 anos, resume a experiência traumática que teve após cair em um poço com cerca de 13 metros de profundidade, na cidade de Teixeira de Freitas, no sul da Bahia.

O idoso conta que no fundo do poço havia cerca de 4 metros de água e lama. Por isso, precisou de escorar para não cair, por cerca de 40 minutos. O caso ocorreu na segunda-feira (20), no bairro Estância Biquíni. O aposentado teve escoriações.

Seu João foi socorrido por agentes do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia, que montaram um esquema com equipamento de resgate em altura, após serem acionados por uma moradora da região. A psicóloga Paula Pereira ouviu os gritos do idoso e ligou para pedir ajuda.

“Eu imaginei que fosse um assalto, só que ficou mais intenso o pedido de socorro. E aí, quando eu saí na parte da frente, na sala, eu perguntei: ‘Moço, o senhor tá onde?’. Aí ele falou assim: ‘Ô, filha, eu estou dentro da cisterna’. Antes de chamar os vizinhos eu já estava ligando pro Corpo de Bombeiros”, contou a psicóloga.

Quem desceu para retirar o idoso do poço foi o soldado Reinaldo Oliveira. Um vídeo gravado pelos bombeiros mostra o momento em que ele sai do buraco com seu João.

Em entrevista à reportagem, o soldado contou como foi a operação e revelou um sentimento de dever cumprido após o trabalho.

“Conversei com ele, fiz as amarrações necessárias. A sensação que dá de dever cumprido, nada paga. Não tem dinheiro, não tem nenhuma outra situação, porque você vê estampado no rosto da vítima, dos familiares, aquele agradecimento. É algo que não tem como comparar”, disse. (G1)